A matemática para a classificação do Cascavel

Tcheco projeta 21 pontos para alcançar vaga à próxima fase. (Foto: Daniel Malucelli)

Com a chance de encaminhar a vaga para a fase de mata-mata da Série D, o Cascavel recebe neste sábado (25), o Aimoré no Estádio Olímpico, às 16h. A Serpente Aurinegra vem de um empate sem gols, jogando fora de casa contra o Caxias. 

A campanha do Cascavel na Série D, rendeu até o momento a segunda colocação, sendo que em dez jogos disputados, o time de Tcheco teve cinco vitórias, três empates e duas derrotas, resultados que deixaram a equipe com 18 pontos na tabela de classificação. O líder do grupo 8 é o Azuriz com 21 pontos. 

O técnico Tcheco certamente fez o uso da calculadora nesta semana para fazer as contas de quantos pontos o Cascavel precisa para alcançar a classificação.

“Acreditamos que com 22 pontos concretize de fato a classificação, mas dependendo da situação, até com 21, podemos estar entre os classificados, tendo em vista que temos dois jogos em casa, a nossa ideia de pontuação é somar os pontos necessários o mais rápido possível”

As contas do professor fazem sentido. Pensando além, para realmente concretizar a vaga na fase de mata-mata, a soma de pontos ideal é 24, pois considerando que no total são 42 pontos em jogo, somando um pouco mais da metade – 24 – a equipe crava de vez a classificação para a próxima fase.

Para o confronto diante do Aimoré, o técnico Tcheco segue tendo o desfalque do atacante Lucas Batatinha, além disso, não vai contar com o volante Jacy que cumpre suspensão automática após receber o terceiro cartão amarelo. 

Aimoré:

Quatro jogos sem sofrer um golzinho, automaticamente quatro jogos sem saber o que é derrota. Esse é o Aimoré, quarto colocado na tabela de classificação, com 17 pontos. O Índio Capilé vem de uma vitória fora de casa, sobre o São Luiz por 1 a 0, naquele que era considerado um confronto direto na briga pela manutenção no G-4. O Capilé abriu quatro pontos de vantagem para o rival gaúcho, e começa a projetar a classificação para a próxima fase. 

No primeiro turno, as duas equipes se enfrentaram no Estádio Cristo-Rei, em São Leopoldo, e o Cascavel levou a melhor diante do Aimoré, com uma vitória por 1 a 0. Este confronto não é uma “novidade” para as equipes, pois em 2021, Cascavel e Aimoré travaram duelos pela Série D. Na ocasião, a Serpente Aurinegra venceu o jogo disputado em solos gaúchos por 3 a 1. Na partida do returno, empate em 2 a 2. 

Gabriel Porta
Estudante de jornalismo no Centro Universitário FAG. Redator no Jornal Gazeta do Paraná, editor de vídeo na TV Tarobá e co-fundador do De Prima PR.

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos Artigos