Cascavel enfrenta o Caxias em confronto direto pela ponta do Grupo 8

Foto: Daniel Malucelli/Cascavel

O Cascavel entra em campo neste sábado para manter a liderança do Grupo 8 da Série D. Jogando em casa, frente a torcida, o Cascavel enfrenta o forte Caxias, às 16 horas, no Estádio Olímpico Regional. Em caso de vitória, o Cascavel além de manter a liderança com folga, pode abrir ainda mais vantagem na ponta, já que o adversário deste final de semana é o vice-líder do grupo.

Invicto na Série D, com melhor defesa do grupo, o Cascavel chega para o confronto com o Caxias em paz. São três vitórias e um empate na competição, que deixam o time em situação tranquila e “leve”. Mas o confronto contra o Caxias promete ser o mais desafiador até agora, uma vez que o time Gaúcho é provavelmente o adversário mais cascudo dessa primeira fase e o jogo vale de certa forma, a liderança do grupo, já que três pontos separam as equipes.

“É um confronto de líderes, muito difícil. O Caxias é uma equipe que tem tradição, temos que ter um cuidado especial porque eles sabem jogar fora de casa. É nosso desafio se impor, manter as nossas convicções para jogar bem e tentar somar mais três pontos”, analisa o técnico Tcheco.

Para superar essa “casca” do adversário, a Serpente Aurinegra conta com o apoio da torcida e fez promoção de ingressos, que foram colocados a venda por apenas R$ 10.

“A torcida sempre é importante. Eu sei que ainda existe uma certa desconfiança. Em alguns momentos que eles foram ao estádio, tivemos alguns tropeços, mas isso acontece em um esporte de alto nível. Só que os torcedores quando vão ao estádio fazem a diferença. Nós estamos sentindo isso fora de casa e aqui não pode ser diferente”, afirma Tcheco.

O treinador da Serpente Aurinegra tem o desfalque certo de França, que ainda não se recuperou de lesão. Além de França, Lucas Coelho também é dúvida, o centroavante sentiu dores e deve ser avaliado até o momento da partida, para ver se tem condições de entrar em campo. Ainda assim, ele não vinha sendo titular da equipe e não deve ser um “problema” para Tcheco na escalação, caso realmente fique de fora.

Tcheco inclusive deve repetir o time que venceu o Aimoré na última rodada, fora de casa. O provável Cascavel para a partida tem: André Luiz; Itallo, William e Fernando; Simões, Michel, Jacy, Gama e Robinho; Lucas Batatinha e Rodrigo Alves.

E o Caxias?

Depois de ficar no empate com o São Luiz na última rodada em Ijuí, o Caxias joga sua segunda partida consecutiva longe de casa. Com duas vitórias, um empate e uma derrota, o time Gaúcho quer assumir a liderança do grupo, e para isso, precisa vencer pela primeira vez fora de casa na competição.

O técnico Luan Carlos tem duas dúvidas para a partida. A primeira é em relação a um possível desfalque, já que o lateral-direito Marcelo sentiu dores no joelho e passa por avaliação para saber se vai a campo. Caso não tenha condições, Léo Oliveira é o reserva imediato. A outra dúvida é em relação a um “reforço”, já que o centroavante Batista, que ficou de fora do confronto com o Aimoré devido a uma entorse no tornozelo, volta a estar disponível.

O treinador do Caxias, Luan Carlos, testou um time com mudanças para a partida contra o Cascavel com três zagueiros.

Um time testado nos treinos e que deve entrar em campo amanhã tem: André Lucas; Erik, Wesley e Thiago Sales; Marcelo, Marlon, Diogo Sodré e Rennan Siqueira; Matheuzinho, Igor Goularte e Batista.

Bruno Rodrigo
Jornalista formado pela Univel. Repórter no Grupo Tarobá de Comunicação e co-fundador do De Prima PR.

Artigos Relacionados

Últimos Artigos