DEU LIGA! Resumo da 16ª rodada da LNF 2022

Foto: Allexandre Fellipe (LNF)

E aí meus fiéis, tudo tranquilo? Vamos para mais um resumaço das nossas equipes na Liga Nacional de Futsal e teve de tudo, goleada, surpresa… vamo nessa.

A surpresa ficou por conta de Foz, arrancou um empate contra o poderoso Magnus no Costa Cavalcanti. No começo parecia que as coisas iriam desandar visto o gol logo no início, mas o time da fronteira conseguiu equilibrar o jogo e empatar na segunda etapa, tendo ainda chances de sair com os três pontos. Dada a circunstância do nível de atuação do Foz Cataratas esse foi um grande resultado que dá um ânimo para a sequência da competição (lá vai eu me iludindo novamente).

No sábado a tarde tivemos um embate esperado demais, duelo entre Joinville e Cascavel, o segundo e terceiro colocado da Liga. O jogo entregou aquilo que se esperava, alto nível técnico, corrido, pegado e que não podia ficar com o outro resultado que não fosse o empate. O JEC teve que mandar o jogo em Paranaguá por conta de um evento em Joinville que impossibilitou que a partida fosse disputada por lá. Já do lado do Tricolor paranaense teve a despedida do jogador Carlão que sai da equipe com a artilharia da competição.

O Pato Futsal segue a sina de resultados ruins pelos lados da terra de Lô Borges, dessa vez a sapecada foi para a equipe do Minas Tênis Clube, um outro sonoro quatro a um. Mais uma atuação bem abaixo e que deixa o alerta ligado, ainda mais pois quem estava ali atrás já está começando a dar uma encostada de leve e estamos na reta final de competição.

O jogo esperado da rodada da LNF com certeza era Marechal e Marreco, obviamente como um ser cético eu não esperava uma partida boa, e não foi mesmo – para a equipe de Rondon.

Já no começo o Marreco mostrou que aquela sequência de derrotas iria acabar ali mesmo no Ney Braga, aproveitou a fragilidade do Marechal e guardou OITO, isso mesmo OITO GOLS, mas ainda deu tempo para um golzinho do time da casa.

O resultado foi tão bom para o time de Beltrão que conseguiu reverter seu saldo, agora está com 1 gol positivo, pensa o nível que estava…

O cerco está se fechando, as cartas estão na mesa, maioria dos paranaenses estão fora da zona de classificação, mas ainda há tempo de buscar o prejuízo e conseguir a vaga. E eu estarei aqui, olhando e analisando tudo que estará acontecendo.

Sou Carlos Alberto e qualquer dia, qualquer hora nos encontramos novamente!

Carlos Alberto
Contador de histórias e ala-pivô de uma boyband esportiva.

Artigos Relacionados

Últimos Artigos