Nova onda de covid-19 afeta reapresentação de clubes paranaenses

Apesar do aumento dos casos, o início do torneio está previsto para o dia 22 de janeiro. Foto: Divulgação

A nova escalada da Covid-19 também se alastrou pelo futebol. A chegada ao Brasil de variantes como a Ômicron causaram baixas em um momento no qual os elencos se reapresentaram para 2022.

Entre os times paranaenses, o Athletico aguardará para oficializar Bryan García. O volante, que era do Independiente del Valle, testou positivo para Covid-19 quando no Equador. O Coritiba teve casos de novo coronavírus em sua diretoria: o mandatário Juarez Moraes e Silva tem sintomas leves e ficará afastado até o dia 24, fazendo repouso absoluto. Os vices Jair José de Souza e Maurício Gulin também estão com o vírus.

O “efeito Ômicron” conturbou o início de preparação do Paraná Clube. Após ter três jogadores e dois integrantes da comissão técnica contaminados, o clube decidiu adiar o jogo-treino com o Marcílio Dias-SC, previsto para acontecer no sábado passado (8). Em meio a um período com percalços, os paranistas fizeram novos testes e optaram por manter o jogo-treino previsto para esta quarta-feira (12) com o Barra-SC.

O Londrina lidou de maneira forte com o surto de Covid-19. No primeiro dia de reapresentação, exames mostraram que o lateral-esquerdo Eltinho, o atacante Victor Daniel, o zagueiro Saimon e os meias Mossoró e Pedrinho estavam contaminados.

Depois, os goleiros Maltos, Matheus Nogueira e Matheus Albino, os zagueiros Gabriel, Lucas Costa e Zé Pedro, o meia Léo Artur e os atacantes Salatiel e Caprini também foram diagnosticados. Nesta semana, Eltinho e Victor Daniel foram liberados para os treinamentos no Tubarão.

Em Ponta Grossa a realidade do Operário é semelhante à do Coxa. No Fantasma, os casos foram apenas na comissão técnica. São eles: os auxiliares Lucas Isotton e Caio Presotto, além do preparador físico César Kurowski.

Em relação aos clubes da nossa região, entramos em contato com as três equipes, Azuriz, Futebol Clube Cascavel e União, para questionar sobre como os times estão em relação a Covid-19.

A assessoria de imprensa do Azuriz informou que até o momento o clube não registrou nenhum caso da doença, e que baterias de testes são realizadas frequentemente, afim de evitar uma possível propagação do vírus que interfira na preparação.

As assessorias de imprensa do FC Cascavel e do União ainda não confirmaram se houveram casos nas equipes.

Nas últimas 24 horas, o Brasil totalizou 73.617 novos casos conhecidos de Covid-19 (são 139 novas mortes). Com isto, até o momento houve 22.630.142 diagnósticos confirmados desde o início da pandemia (620.142 óbitos), de acordo com dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa.

Gabriel Porta
Estudante de jornalismo no Centro Universitário FAG. Redator no Jornal Gazeta do Paraná, editor de vídeo na TV Tarobá e co-fundador do De Prima PR.

Artigos Relacionados

Últimos Artigos